Páginas

terça-feira, 22 de dezembro de 2009


Ainda ontem acordei nostálgico,
liguei para alguns amigos e
ninguém atendeu ou não quiseram
falar comigo, chorei um pouco,
dormi mais um tanto, ouvi Mozart
guardei minha dor no bolso e fui trabalhar,
é o que pode-se fazer quando o corpo
pede sustento e alma pode esperar consolo.

Celso Andrade

4 comentários:

poetriz disse...

O que se pode fazer, quando se dói mas a vida continua?
Nada, além de seguir a vida...

Bjs

Pedro Gabriel disse...

Obrigado pela visita e pelo comentário. Vou olhar com calma o seu blog.

Grande abraço!

Robson Rogers disse...

Fato! Não há muito o que fazer além de guardar a dor nobolso e seguir adiante.
É a Vida!

pequenas epifanias disse...

eu chego aqui,

e não se sei se choro com o que leio.
se me vem um sorriso.

uma esperança...