Páginas

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Para dias seco



Hoje acordei em prosa
foi-se a poesia que me deu moradia,
amanheci metáfora.
Passei a tarde de trabalho dissertando
o coração, totalmente sem acerto,
consultei dicionários tediosos,
estava certo quem disse que o
amor é algo sem explicação,
apenas sentimos.

Celso Andrade

Um comentário:

Robson Rogers disse...

Muito lindo Celso! Um dos melhores desse ano; na minha opinião. Vai para meu blog. e Eu não saberia explicar o pq ela me tocou; mas simplesmente assim o foi! Abraço.