Páginas

segunda-feira, 10 de maio de 2010


Para que serve o desespero,
se sua companhia nos levará a fatalidade?
Seremos assombrados pelo monstro chamado
moralidade,
cruzar os braços nunca foi a melhor maneira
de curar a ferida aberta na alma.

Olho ao redor e observo o quanto somos
demasiados afoito,
imaginando sempre que a fatalidade espreita
nossa porta e por qualquer descuido que é
normal da vida, seremos açoitados, levados
como ovelhas para o matadouro humano e
onde se ficará preso, na mente e coração
das pessoas.

Reservo dentro de mim um lugar de contemplação
onde posso ver um caminho onde o futuro
é um estrada escura cheia de buracos e
monstros humanos caçando alma, ou vejo
uma estrada de barro onde em cada estágio
da vida, o medo será só uma pedra na qual
pisarei com esperança, onde a maturidade
me faça amar melhor as coisas, sem mais ilusão
e menos esperança.

(Celso Andrade)

4 comentários:

Suelen Braga disse...

Para que serve o desespero,
se sua companhia nos levará a fatalidade?

Realmente, o desespero cega e faz com que vejamos as coisas mais dificeis do que realmente são...
Lindo post, refleti bastante

Beijo bem grande
Estou seguindo =*

Leca disse...

Parece que o desespero nos aprisiona...
nos faz parar...mas...para isso existe a contemplação...um futuro...uma estrada...
mesmo enlameada...é a nossa nova estrada...
beijos
Leca

Sil.. disse...

Celso queridoooooooooo!!
Que maravilha sua visita lá no meu blog!
E te chamar assim de querido, é porque vc me é mesmo. Na verdade, sempre ti via ali na comuna do nosso AMADOOOO Caio F. Acompanhava a luta do encontro de vcs em Salvador e que nunca dava certo rs (Como a que tentamos uma vez em Sampa), e acredite, sabe aquela coisa de bater o olho numa pessoa e já gostar dela?
Bobeira minha não ter te add ainda aqui, talvez receio , enfins, mas algumas vezes passei aqui pra ler seus textos, tão belos...tão seus, tão sua alma.
Agora eu to aqui "De vez". Vou fazer mais ou menos como Caio: Pegar um banquinho, ficar mais bossa nova ainda e me encantar com seu blog tão lindooooo!
Um abraço meu querido!!

Magda disse...

Minha ferida foi feita ontem dia 10 de maio as 22:15 mais ou menos! Tu não imagina a guerra que minha familia vai enfrentar, batalha árdua, muito doída, sofrida..Ontem depois que te disse tchau no msn, fui consolar minha mãe, minha irmã e a mim mesma.Me afoguei em lágrimas.
Como vai ser dificil Celso!
Teu blog tá lindo, muito lindo! Adorei as cores, muita harmonia nelas.. E sua inspiração arremata tudo.
Te gosto tanto mas tanto tanto!