Páginas

sábado, 8 de maio de 2010

De vários pontos


O mundo consome o homem,
estar vivo consome a alma,
o homem consome o corpo,
o corpo consome a mente,
apaixonar-se consome tempo
tempo custa dinheiro,
dinheiro custa a dignidade
como é difícil ser humano,
por isso permaneço (pensamento)
da inspiração ao papel.

(Celso Andrade)

5 comentários:

DeiSe disse...

Poesia maravilhosa eu encontro aqui!

Também permaneço..
desse mesmo jeito que tu disse.

Ótimo Celso.

Leca disse...

Vim até aqui...
para te trazer gentilezas...
e beijos gentis...
Leca

Thaís Duarte disse...

e tudo é consumido em uma infinita loucura, por vezes é preciso renascer todos os dias,
bom domingo!
beijos =]

Sandra disse...

grata pela visita lá no meu blog.
lindissimas poesias, parabéns!

abraços e boa semana

Laís Suriano disse...

agradeço as palavras de elogio pelo meu blog e deixo aqui as minhas palavras também... adorei o seu blog... ganhou mais uma seguidora...