Páginas

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Onde se vai com tanta pressa?


Por vezes estaremos sendo atropelados pelo tempo
dias passam sobre nós numa velocidade esmagadora
e estaremos sempre afoitos ante a calmaria e mornidão do cotidiano.

Na maturidade que consegui eu consiga reunir
grandes amores, amigos e pessoas que de certa maneira
me transmitiram adrenalina para viver mais e melhor cada hora.


(Celso Andrade)

Um comentário:

Bia Maia disse...

à pressa sempre foi inimiga da perfeição...
Há de andar mais devagar para observar como é linda e mágica esta vida...

beijos com meu carinho e lindo final de semana!

Bia