Páginas

sexta-feira, 2 de julho de 2010


Se a esperança não ocupasse espaço demais nas relações, teríamos mais controle de tudo, até do inevitável: sofrimento.


(Celso Andrade)

3 comentários:

Priscila Rôde disse...

Se a esperança não ocupasse tanto espaço não nos entregaríamos tanto nas relações (se elas ainda existissem). Sofrer é uma consequência. Quem ama demais sofre. Quem sofre demais ama. Que assim seja. A esperança precisa ocupar muito espaço. Ela não morre por último. Nós que morremos primeiro!

Felicidade Clandestina disse...

faço de minhas palavras, as de Priscila.

Bia Maia disse...

Celso querido...o sofrimento faz parte desta vida...só sofre quem tem CORAGEM de AMAR, de SER FELIZ, de SORRIR, e de VIVER!

Um beijo em seu coração,

Bia