Páginas

sábado, 25 de junho de 2011

Qualquer caminho é melhor quando o que se tem é pouco ou nada, sair da encruzilhada escura e fria, reconhecer a estrada, qualquer lugar mesmo sem saber que se arrependerá ou não. Dores virão de manha cedo te cutucar, assoprar sua manhã sem menos esperar. É inexprimível, não posso viver sem mim mesmo sem querer sou a própria companhia da alma.


(Celso Andrade)

4 comentários:

Guilherme Navarro disse...

Inexprimível resume tudo, mesmo. Belo!

Daniela Filipini disse...

Incrível.

Amanda Lemos disse...

Gostei bastante do Blog.
Muito interessante !

É bom ver a cada dia que passa mais originalidade nessa "blogosfera". :)

Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir..;
http://bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já !

JanaFerraz disse...

Foi um prazer encontrar o seu blog.
Seu cantinho é cheio de alegria e doçura.
Estou a seguir !
Volto mais vezes e com mais tempo.

Também tenho um cantinho assim:
www.misturadinamica.blogspot.com
Ficarei contente por demais em te receber por lá.