Páginas

terça-feira, 6 de setembro de 2011

E Setembro chega cheio de luz, e traz o inprescidível - vejo sempre mais um ano depois de Setembro, vejo o chão, eu vejo as antigas cantigas  cantadas ao vão.


Celso Andrade

Um comentário:

Adriana Vargas de Aguiar disse...

Eu, em particular, adoro setembro, tudo acontece de bom neste mês, sem dizer, que me inspira e me invade.
Obrigada por sua vista e por seguir o clube dos novos autores!
Adriana