Páginas

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Quarta feira -chuvosa

Chove lá fora, uns relâmpagos iluminam a calçada que exala cheiro de terra molhada, barulho de pingueira, trovões misturam-se a um jazz antigo, a tempos não era remetido a um passado aparentemente calmo e distante. A casa vazia, saíram todos, vazio também o meu ser, não saíram, mas esqueceram da minha insanidade amorosa e desumana. Não tem problemas quando a cidade se cala pra ouvir a sinfonia da natureza, e dela me faço expectador assíduo, só não tenho a mesma companhia de outrora, com direito a beijos e afagos...


(Celso Andrade)

2 comentários:

Maria Borges disse...

Ahh, esta companhia em dias de tempestades é muito gostoso, eu adoro dias de chuvas e trovões, gosto de fazer algumas coisas como jogar cartas, tomar vinhos, é uma delícia né?
Adoro seu blog!!
Bjus

Leca disse...

Existem dias que realmente nossa casa fica vazia e silenciosa...tal qual nossos corações...

beijos
silenciosos...

L
e
c
a